by Dra Tathiana Antony on
março 6, 2012

Corrente russa

A Corrente Russa ou Estimulação Russa é o nome do tratamento de tonificação muscular realizado através de um aparelho de eletroterapia capaz de promover a contração muscular, por meio de corrente elétrica. Leva este nome por ter sido desenvolvido na Rússia na década de 80, pois foi verificado que os astronautas russos, ao retornarem da missão espacial, sofriam de flacidez, atrofia, e fadiga muscular.

O equipamento com tecnologia de ponta, adotada pelos maiores centros de estética. É indolor e extremamente eficiente no tratamento de fortalecimento (hipertonia) muscular e modelagem corporal.
É eficaz para homens e mulheres porque respeita a fisiologia muscular e o seu metabolismo trabalhando as fibras vermelhas e brancas proporcionando resultados rápidos e altamente satisfatórios.

PRINCIPAIS INDICAÇÕES:
Fraqueza (hipotonia) muscular de:
– Abdome;
– Glúteos;
– Membros inferiores;
– Membros supeiores;
– Interno de coxa.
Fortalecimento e aumento de tônus muscular:
– Pós-parto;
– Pós-emagrecimento;
– Pré e pós-lipoaspiração.
Melhora do desempenho de atletas:
– Recuperação da força muscular;
– Melhor rendimento;
– Preparação para qualquer trabalho.
Reeducação postural.

CONTRA-INDICAÇÕES:
– Gestação em qualquer fase;
– Próteses metálicas no local de aplicação;
– Doenças cardíacas, como arritmias severas, insuficiência cardíaca;
– Encurtamento funcional do músculo;
– Traumas locais;
– Perda da integridade da pele no local da aplicação;
– Sensibilidade alterada;
– Fragilidade capilar e / ou insuficiência venosa profunda.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO:
O número de sessões varia de caso a caso, mas em média, são necessárias de 10 a 20 sessões, 2 vezes por semana.