Duvidas

Principais dúvidas sobre o Laser Co2 Fracionado Vaginal

A partir de que idade a paciente pode utilizar o Laser Co2 Fracionado Vaginal?
A partir do momento que sentir os sintomas da atrofia vaginal, como ressecamento, dor nas relações, etc. Antes, porém, são necessárias avaliação e indicação do ginecologista.

Como é realizado o tratamento, pode doer?
Não dura mais que 15 minutos, é feita no próprio consultório. É indolor, mas se a paciente preferir pode ser usado um anestésico tópico. Ocorre uma leve sensação de calor somente.

Quantas sessões são necessárias?
De 1 a 3, dependendo de cada caso.

Como é o pós-tratamento?
Durante os primeiros dias após a sessão, pode ocorrer algum desconforto local. Normalmente, a situação é normalizada em até três dias. Evitar o levantamento de peso e a realização de atividades físicas são algumas das recomendações para o período de cicatrização.
A paciente não deve ter relações por 7 dias.

Existem mulheres que não podem fazer?
Mulheres grávidas, que tenham doenças contagiosas (DSTs, HPV) ativas, mudanças de citologia no último Papa Nicolau, inflamações da vulva ou doenças relacionadas à coagulação sanguínea.

Esse equipamento está liberado pela Anvisa?
Sim. O equipamento já tem seu uso legalizado no Brasil.

Após quanto tempo se pode observar os resultados?
Os resultados do tratamento podem ser mais bem observados após um mês a um mês e meio de sessão, pois envolve a regeneração de células e tecidos.

Por quanto tempo podem ser observados os efeitos?
Podem chegar até um ano, sendo necessária uma sessão para manutenção.