Lifting Facial

É a cirurgia plástica do rejuvenescimento facial, aquela que procura corrigir os efeitos do tempo sobre a face, que se apresentam como rugas e sulcos, decorrentes da queda natural da pele e da flacidez da musculatura própria da região.

É geralmente realizado sob anestesia geral, podendo em alguns casos, após observação do cirurgião ser indicada uma anestesia local com sedação realizada pelo anestesista.

O procedimento é realizado através de uma incisão transversal no couro cabeludo, que desce e contorna as orelhas, e se continua até a raiz dos cabelos. Com o descolamento da pele, em toda esta extensão, é possível “estica-la”, desfazendo ou minimizando dobras e sulcos, levantando as sobrancelhas e bochechas. Após a retirada deste excesso de pele devolve-se ao rosto um aspecto mais jovial.

O curativo (ao redor da face), ainda que possa causar algum desconforto, é habitualmente bem tolerado. De qualquer forma, ele é fundamental para o resultado do procedimento, e não pode ser removido antes do prazo estipulado pelo médico, que pode chegar a mais de uma semana. Edemas e equimoses (manchas roxas) são comuns, e costumam regredir significativamente em aproximadamente 20 dias. É recomendado repouso e evitar exposição ao sol. O resultado é observado após um mês, e certamente compensa eventuais sacrifícios.

Um dreno é colocado no final da cirurgia e ficará no pós operatório por alguns dias, requerendo cuidados e curartivos.

Deve-se orientar também quanto à possibilidade de outras intervenções para um resultado completo, como blefaroplastia, preenchimentos, etc. O tratamento de linhas e rugas de expressão deve ser feito me maneira complementar ao lifting.