by Dra Tathiana Antony on
novembro 17, 2011

Prótese de Mama

Indicada para mamas de volume pequeno ou desejo de adquirir mais volume mamário, assim como corrigir assimetrias.

A cirurgia consiste na colocação de uma prótese de silicone entre a glândula mamária e o músculo peitoral, ou abaixo deste músculo, através de uma pequena incisão na borda da aréola, no sulco submamário, ou região axilar, onde a cicatriz praticamente não é notada.

Hoje em dia pode ser realizada com anestesia local mais sedação venosa ou anestesia geral. No primeiro caso a alta do paciente ocorre no mesmo dia.

A avaliação inicial é muito importante para saber sobre gostos e preferências de tamanhos da paciente, fazer medidas corporais e escolher o tipo de prótese mais adequado a cada biotipo.

O edema (inchaço) no pós-operatório é bem comum, mas regride com o passar do tempo. A dor pós operatória é muito bem tolerada com a ajuda de medicamentos. E é imprescindível o uso do sutiã ou faixa apropriados nesse período.

É necessário repouso e afastamento de atividades físicas ou que requeiram esforços principalmente com os membros superiores.

O formato das mamas também sofre modificação com o tempo, tornando-se um resultado definitivo após um período de aproximadamente três meses.

Os exames anuais das mamas para prevenção de câncer não sofrem interferência após a cirurgia, podendo ser realizados normalmente e acompanhados pelo ginecologista ou mastologista.